Centrais Sindicais se reúnem com procuradores para discutir assuntos sobre o movimento sindical

Brasília(DF), 10/08/2010 – O Coordenador Nacional de Liberdade Sindical e Procurador Regional do Trabalho Ricardo José Macedo De Britto Pereira e o Subprocurador-Geral  do Trabalho Edson Braz da Silva participaram nesta terça-feira (10) de reunião com líderes das Centrais Sindicais Força Sindical, CTB, Nova Central, CGTB, UGT e CUT.

No encontro, as Centrais Sindicais entregaram ao Ministério Público do Trabalho – MPT documento conjunto denominado “Proposta das Centrais Sindicais”, que objetiva contribuir nas discussões entre o MPT e as principais lideranças do movimento sindical, as quais vêm sendo aprofundadas desde o final de 2009. “O documento, elaborado com base nas reivindicações conjuntas das Centrais Sindicais, aborda temas como contribuição assistencial, interdito proibitório, fortalecimento do movimento sindical e combate a práticas antissindicais”, disse o representante da Força Sindical Sérgio Luiz Leite.

Após realçarem os pontos convergentes que há entre a proposta das Centrais Sindicais e as recentes posturas adotadas pela Coordenadoria Nacional de Promoção da Liberdade Sindical – CONALIS, os representantes laborais presentes foram unânimes em registrar a necessidade de continuar esse canal direto de diálogo entre o MPT e o movimento sindical, que já tem gerado efeitos positivos em prol da promoção da liberdade sindical e, por consequencia, do trabalhador.  Registrou-se ainda a necessidade de enriquecer esse canal com o envolvimento direto dos magistrados trabalhistas e do Ministério do Trabalho e Emprego.

Ao final, ficou deliberado que o MPT, inclusive por orientação expressa do Procurador-Geral do Trabalho, Otavio Brito Lopes, continuará a envidar esforços para ampliar esse fórum de discussões em busca do aperfeiçoamento da liberdade sindical.

Fonte: MPT