Sindvestuário define clausulas de acordos coletivos para Guarulhos e Região

A diretoria do Sindvestuário Guarulhos reuniu-se ontem na sede do sindicato  ( 24/7)  e definiu as cláusulas e condições da negociação coletiva de 2018   para os trabalhadores das industrias de confecção de Guarulhos e Região.

As regras  valem para  os trabalhadores das   indústrias das cidades de Guarulhos, Arujá, Santa Isabel, Igaratá, Itaquaquecetuba, Ferraz de Vasconcelos , Mairiporã, Caieiras e Francisco Morato.

Acordos coletivos por empresa

Na reunião  a diretoria do sindicato  decidiu que em 2018 o sindicato  vai  convocar  as empresas   para fazer  a negociação coletiva  direta, ouvindo os trabalhadores nas assembleias  como já  foi feito em outros anos.

“Os defensores  da  reforma trabalhista  defendem  que o negociado  deve  valer sobre o legislado e que o acordo coletivo  prevalece sobre a convenção coletiva,   que é preciso estimular a negociação coletiva, aproximar  os sindicatos dos trabalhadores da base, então   vamos colocar em pratica  essa diretriz”, disse a presidente  do sindicato  Marcia Alves.

Sindicato vai convocar as empresas

A diretoria decidiu convocar todas as empresas  das 9 cidades para   assinar acordos coletivos, que serão aprovados nas assembleias dos  trabalhadores.