Na 1ª reunião de negociação salarial trabalhadores não aceitaram retirada de direitos

Dia 21 de junho aconteceu a primeira reunião de negociação salarial com o sindicato patronal em São Paulo na sede da Federação dos Trabalhadores do Vestuário.

Participaram da reunião representantes dos sindicatos de trabalhadores de Guarulhos, Barueri, Jundiaí, Bragança Paulista, Ibitinga, São Jose dos Campos, São José do Rio Preto e Presidente Prudente e o presidente da federação.

A representante do sindicato das indústrias de confecção do estado de São Paulo quer tirar da convenção coletiva a obrigatoriedade da homologação sindical e rebaixar o valor do auxilio creche.

Os representantes dos trabalhadores não concordaram com as propostas de retirada de direitos.

O Sindvestuário Guarulhos foi representando pela Presidente Márcia Alves e pela diretora Marilene Costa.

Ficou marcada outra reunião para o dia 28 de junho para continuar a negociação salarial para os trabalhadores das industrias de confecção.