Trabalhadores de calçados e materiais de segurança aprovam pauta de reivindicações deste ano

 

Foi dada a partida da campanha salarial dos trabalhadores nas indústrias de calçados e materiais de segurança, em assembleias realizadas na sexta-feira (19/5), na sede do Sindvestuário Guarulhos. Os trabalhadores das duas categorias, cuja data-base é no dia 1º de julho, aprovaram por unanimidade a pauta de reivindicações apresentada pelo sindicato.

As assembleias resultaram de inúmeras reuniões no chão de fábrica comandadas por dirigentes do sindicato após a convocação das duas categorias realizada no dia 7 de maio. Os trabalhadores das indústrias de materiais de segurança reivindicam, neste ano, aumento real de salários e da PLR (Participação nos Lucros e Resultados), melhoria da cesta básica, valorização do piso salarial e estabilidade no retorno das férias.

O aumento real de salários e a estabilidade no retorno das férias foram pontos comuns aprovados pelas duas categorias, além do fim da terceirização na atividade-fim sancionada em lei baixada pelo governo no início deste ano. Os trabalhadores nas indústrias de calçados reivindicam ainda a concessão da cesta básica e da adoção pelas empresas da PLR (Participação nos Lucros e Resultados).

“Nenhum direito a menos” foi o lema das campanhas do Sindvestuário Guarulhos neste ano em referência aos nefastos projetos de reforma trabalhista e previdenciária em discussão no Congresso Nacional. “Não vamos aceitar essas reformas que destroem as conquistas da classe trabalhadora e beneficiam apenas os patrões”, afirmou Álvaro Egea, presidente do Sindvestuário e secretário-geral da CSB.